APEDE


Santana Castilho! Um texto demolidor…

Posted in Educação por APEDE em 24/06/2010

(Clicar na imagem para aumentar)

In Jornal Público, 23-06-10

… que pode e deve ser um detonador para os que não se deixam embalar, ou instalar, na paz podre e hipócrita das “grandes conquistas da luta” e do “progresso”!

Anúncios

3 Respostas to 'Santana Castilho! Um texto demolidor…'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Santana Castilho! Um texto demolidor…'.

  1. filipe said,

    Temos bons juristas da área do Trabalho e os Tribunais (que estão quase em férias- de calendário, pois até parecem que o estão há muito…).


  2. O nosso amigo Santana Castilho é absolutamente arrasador e certeiro nas suas fundamentadas críticas para precisar de comentários adicionais. Eis senão quando, qual Fenix, se dá o regresso da Sinistra. Foi com alguma incredulidade que assistimos mais uma vez ao circo mediático do lançamento de um livro branqueador de todas e cada uma das gravosas medidas pseudo-educativas avançadas pela pior ministra da educação que este país já teve. De novo e agora de modo claramente explícito, vem a sinistra personagem, com ar diáfano, querer passar a ideia de que todas as suas iniciativas foram positivas e meritórias. O facto de algumas das suas mais emblemáticas terem sido deitadas fora pelo novo (velho) governo, não lhe mereceu qualquer comentário.Ainda acrescentou à guisa de justificação que o seu foi sempre um trabalho de equipa. Devia estar a referir-se à prestimosa colaboração dos seus comissários políticos Pedreira e Walter Lemos que primaram pela clamorosa incompetência. Mas o grave não apenas isto, e já seria muito. O grave é o facto de a indivídua nunca assumir nenhuma das crassíssimas asneiras que protagonizou e que irão levar muitos anos a reparar. A gravidade é ainda maior se considerarmos que uma série de figuras gradas do partido, incluindo o patriarca e ex-presidente Soares e a Isabel Alçada estavam lá para apoiar e felicitar a sinistra, dando-lhe uma vez mais todo o aval, toda a concordância e todo o incentivo pelo” imenso bem” prestado ao país (ou ao pinóquio?). É portanto, inteiramente falso que a senhora tenha vindo como disse “prestar contas ao país”. Ao não assumir nenhum dos desastres, ela não presta contas a ninguém. Pelo contrário. A única atitude que aqui existe é a de se auto-justificar, de branquear o pior momento que a educação já teve e que segue a par com outro axioma também falso e nefasto,qual seja o de afirmar que todos os anteriores ministros da educação eram pessoas muito competentes e muito dedicadas aos interesses do país, ou seja, exactamente o contrário da realidade. Assistimos portanto a mais uma estratégia tão cara ao Sr. Sousa e seu staff que consiste em lançar cortinas de fumo sobre a realidade, tentar manipular grosseiramente os factos e acusar os seus adversários das próprias debilidades, agitando de novo o espantalho da luta contra as corporações da classe mais atingida por essas medidas: a classe docente.

    • filipe said,

      Estamos a viver uma época de confusão de valores, imprevistos apoios, posições incorrectas de pessoas que nos deram uma imagem positiva e que nos surpreendem e entristecem.

      Refiro-me à presença de Sobrinho Simões no tal circo mediático, do lançamento do livro. Habituei-me a ve- lo com ideias e posições corajosas. Fiquei atónito com o motivo que o poderia levar a estar presente em tão ridículo espectáculo. Fico triste porque não é raro presenciarmos translações, na época actual.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: