APEDE


Revoltados e resignados?

Posted in O pós-24 por APEDE em 25/11/2010

Este texto de Daniel Oliveira é o exemplo perfeito da forma resignada como muitos apoiantes da greve geral de ontem aceitam que, hoje (e amanhã, e depois de amanhã e por aí fora), tudo continue na mesma. Nem sequer se interrogam sobre as estratégias para tornar a greve de 24 um ponto de partida para outra coisa.

E há, claro, os sectários do sindicalismo-que-temos. Esses vêm sempre recordar-nos que estas lutas são sempre muuuuuuuuuuuuuuuuuuuito prolongadas. Que é outra forma de resignação: quando chegares a velhinho, pode ser que tenhas finalmente uma vitória (três segundos antes de morreres). 

Anúncios

Uma resposta to 'Revoltados e resignados?'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Revoltados e resignados?'.

  1. Zé Manel said,

    Pois sucedeu que durante a dita greve geral que se queria completamente inofensiva, um pequeno grupo de professores reuniu-se à porta do ME para protestar contra a lamentável política (des)educativa que continua a destruir a escola pública. De facto não eram mais de 40, a maioria os mesmos do costume, mas pelo menos protestaram, fizeram qq coisa, deram vazão à sua indignação. Que outra coisa poderiam fazer? Enquanto isso, os pastores de serviço refastelavam-se no conforto dos gabinetes a fazer contas de somar e a anunciar vitórias e triunfos até à derrota final. Felizmente que ainda há alguém que não corta pelo picotado. Como disse o poeta:…não sei por onde vou…sei que não vou por aí!!!!!!!!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: