APEDE


Na morte de um capitão de Abril

Posted in Em nome da memória por APEDE em 17/01/2011

Como alguns (poucos) comentadores referiram, é terrivelmente sintomático que a morte de Vítor Alves, um dos homens que mais se destacaram no acto fundador da democracia em Portugal, tenha passado quase despercebida na comunicação social, muito mais empenhada em dar destaque a sórdidos “fait-divers” do que em prestar homenagem e fazer pedagogia cívica em torno de figuras realmente marcantes na história portuguesa.

Este silêncio diz tudo sobre a pequenez em que se transformou a nossa democracia e de como ela está a anos-luz das esperanças que homens como Vítor Alves ajudaram a acender nessa distante madrugada do 25 de Abril de 1974.

Contra esse silenciamento e essa indiferença, fica aqui a nossa homenagem e o nosso apelo à resistência da memória.

Anúncios

Uma resposta to 'Na morte de um capitão de Abril'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Na morte de um capitão de Abril'.

  1. Lúcio said,

    Porquê tanto escândalo? Sinceramente! Afinal, o povo quer é pão e circo…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: