APEDE


Intervalo para insultar um cretino

Posted in Chamar estes bois pelos seus verdadeiros nomes por APEDE em 01/07/2011

Há anos que uma certa besta insiste em passar por jornalista e até por director de jornais “de referência” (pior ainda: até se imagina escritor!). Os que conseguem resistir e sofrer as suas prosas, do mais inacreditavelmente imbecil que já se imprimiu em jornais deste país, ficam perplexos a pensar nos mistérios da hereditariedade: por que raio é que um homem brilhante  – um pouco amalucado, é certo – gerou um debilóide deste jaez?

Ora façam favor de “admirar” a última cretinice do cavalheiro em causa, desmontada, com bastante graça, neste “post”.

6 Respostas to 'Intervalo para insultar um cretino'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Intervalo para insultar um cretino'.

  1. AMaria said,

    Pessoalmente gosto de ler o Sol e os artigos de J.A.S. Acredito e aceito que nem todos admirem o senhor, mas daí ao insulto vai uma distância que não se pode admitir em democracia. O respeito pelas ideias dos outros é uma virtude que todos temos que cultivar. No caso dos professores é uma exigência. Estarei errada?

    • Mário Machaqueiro said,

      Estaria certa, se o sujeito em causa tivesse na cabeça coisas parecidas com “ideias”. Se gosta de ler os artigos de J.A.S., só posso lamentar o seu gosto. E, já agora, o insulto pode perfeitamente cultivar-se em democracia, desde que tenha piada e seja feito contra imbecis. Uma das coisas piores deste país é a cultura do «respeitinho é que é preciso».

  2. Meio Vazio said,

    Um mimo!🙂

  3. Mário Machaqueiro said,

    E para que não fiquem dúvidas: fui eu, e não o Ricardo ou outro membro da APEDE, que escreveu este “post”. Há muito tempo que tinha vontade de chamar cretino a este cretino.

  4. Zé Manel said,

    Claro que temos sobejas razões para desancar o debilóide, mas tb me parece que todo o tempo gasto com esse tipo de primatas (sem desprimor para o mesmos) é um enorme desperdício e nem sequer vale os bites aqui do site. Vamos antes dedicar-lhe o silêncio adequado a nulidades tão confrangedoras.

  5. Mário Machaqueiro said,

    Zé, não lhe dediquei tantas linhas como isso!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: