APEDE


Apenas mais uma coreografia para «professorzeco» ver?

Posted in Dúvida cartesiana por APEDE em 13/07/2011

Ok, o PCP e o BE, ao apresentarem as suas propostas de suspensão da ADD no parlamento, quiseram encostar o PSD à parede, confrontando-o com as suas contradições e com o seu troca-tintismo miserável. E isso é politicamente meritório.

Contudo, se as objecções aqui apresentadas sobre a consistência legislativa dessas propostas estiverem correctas, teremos de chegar à triste conclusão de que também esses partidos falharam no teste da seriedade exigível em todo este processo.

Ou porque estiveram mais empenhados numa manobra politiqueira do que em defender efectivamente os interesses dos professores,

ou porque já estavam, à partida, convencidos de que as propostas jamais passariam na Assembleia da República – hipótese mais do que plausível – e, nesse caso, terão achado que não valeria a pena um trabalho de casa apurado em termos de concepção legislativa.

Ou ainda, possibilidade benévola mas temível, porque nenhum dos dois partidos conta com bons legisladores nas suas fileiras.

Seja como for, e conforme se conclui no “post” acima citado, quem se vai lixar no meio de tudo isto são os “palhaços” do costume. Aqueles “palhaços” chamados “mexilhões”…

6 Respostas to 'Apenas mais uma coreografia para «professorzeco» ver?'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Apenas mais uma coreografia para «professorzeco» ver?'.

  1. Leitor said,

    Descartes tinha dúvidas, mas eram as suas. Pensava pela própria cabeça. Os excêntricos analistas da APEDE tomam de empréstimo o vocabulário (coreografia, professorzeco – E.M.U.) e as ideias (Prof. Lusos) para tentarem desvalorizar uma iniciativa que, por razões de opção política, lhes está a provocar uma enorme azia.
    Depois, com a habitual falta de objectividade, misturam os dois projectos para que os deméritos e a falta de consistência do que foi apresentado por último sirva para atacar o primeiro.
    A principal objecção ao projecto do PCP é a de que não seria possível revogar alguns artigos do ECD sem revogar o ECD. Ora isso já sucedeu em ocasiões anteriores.
    Mas para o reconhecer era preciso um mínimo de memória e de rigor que é tudo o que os “apedes” não têm.

  2. Leitor said,

    A suspensão do modelo de ADD é uma questão POLÍTICA, não é um problema técnico, senhores da APEDE!

  3. Mário Machaqueiro said,

    Já reparou que o texto está no condicional? Para «Leitor», tem capacidades hermenêuticas assaz limitadas…

  4. Mário Machaqueiro said,

    Registo também que, para o Leitor, um dos projectos, como é do PCP, é um poço de brilhantismo legislativo, ao passo que o segundo projecto, concebido por esses miseráveis divisionistas do BE, só pode estar recheado de defeitos.
    Por favor, camaradas, não têm por aí alguém ainda mais sectário, só para ver se é tão divertido como este?

  5. Mário Machaqueiro said,

    Quanto ao carácter essencialmente político da aprovação ou rejeição das propostas de suspensão do modelo de ADD, o “post” diz alguma coisa em contrário? Apenas sugere que, se o PCP e o BE quiseram encostar os outros partidos à parede, teria sido conveniente que as suas propostas não dessem o flanco a acusações de inconstitucionalidade. É que assim os outros partidos, se não quisessem votar favoravelmente, não poderiam agarrar-se a argumentos de ordem técnica e seriam, de facto, obrigados a argumentar no plano político. As águas ficariam separadas e a hipocrisia do PSD definitivamente desmascarada.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: