APEDE


Se não se importam…

Posted in (Des)avaliação por APEDE em 30/07/2011

… Iremos reservar o nosso comentário sobre o próximo modelo de avaliação do desempenho docente quando…

… houver um novo modelo de avaliação do desempenho docente.

O que corre por aí, e que Nuno Crato divulgou, é uma mera e mui vaga declaração de intenções que só deixa interrogações no ar e que só serve para alimentar especulações – não por acaso, muitas delas tecendo cenários pouco agradáveis para os professores.

Sim, também temos sérias dúvidas, sérias reservas e a hipótese de diversas objecções. Algo nos diz que teremos de as desenvolver quando o documento definitivo (?) for finalmente parido…

Mas agora, se não se importam, faremos como os sindicatos:

vamos de férias!

13 Respostas to 'Se não se importam…'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'Se não se importam…'.

  1. Leitor said,

    A ironia sobre as férias dos sindicatos faz ricochete:
    “Quanto ao calendário negocial, pretendia o MEC que se resumisse ao mês de Agosto, concluindo-se a negociação no dia 31. A FENPROF recusou esse calendário e insistiu na necessidade de as rondas negociais finais se desenvolverem já em Setembro, após o regresso dos professores às escolas.

    Foi o que aconteceu: a proposta do ME será divulgada em 12 de Agosto e as rondas negociais terão lugar em 22/23 de Agosto, 29/30 de Agosto e 9 de Setembro. Após a realização desta ronda, decidir-se-á da necessidade de prosseguir ou não o processo negocial, podendo a FENPROF, se o MEC quiser concluir, sem acordo, as negociações, requerer a negociação suplementar podendo, assim, levar o processo negocial até finais de Setembro, garantindo que não será encerrado sem que os professores se pronunciem.”

    • Mário Machaqueiro said,

      Vargas, Vargas, vá de férias também!

  2. fjsantos said,

    Mário ou Ricardo, ou ambos,
    a fina ironia sobre férias e negociações tem implícita a crítica soez que vocês sempre fizeram à actividade sindical, apesar de todas as declarações em contrário e até das inúmeras presenças em iniciativas promovidas por algumas das estruturas sindicais.
    Ainda por cima essa crítica é tanto mais azeda e verrinosa quanto mais vos parece que se pode aplicar à Fenprof e a Mário Nogueira.
    É uma forma de estar na vida. É uma forma de “defender” os professores”. É uma forma de fazerem concorrência a outros grupos de professores que se organizaram em micro-sindicatos, mas esses ao menos trataram da vidinha e arranjaram umas dispensas e lugares no 2º balcão para reunir com o(s) ministro(s).
    Mas sobre a actividade (nula) desses não se vos conhece qualquer ironia…
    Boas férias.

    • José Carlos Jacinto said,

      Concordo plenamente com o que dizes fjsantos.
      Boas férias a todos os colegas.

    • Mário Machaqueiro said,

      Em matéria de críticas soezas, receio bem nunca podermos competir contigo. És uma autoridade na matéria!

      • fjsantos said,

        Mário,
        Com a tua resposta acabas por confirmar a minha alegação de que sempre fizeram ataques soezes à actividade sindical. Essa era, e continua a ser, a natureza da vossa intervenção, por mais voltas que queiras dar ao texto.
        Por mim, prefiro chamar os nomes aos bois para que se saiba de que lado estou. Sempre recusei essa leitura maniqueísta, em que os movimentos são puros, apolíticos e apartidários e os sindicatos estão ao serviço de agendas partidárias obscuras. Essa sempre foi a diferença substancial nas nossas posições.


        • A resposta do Mário não confirma coisa nenhuma. Nem a resposta nem os exemplos de luta e de participação da mesma que os movimentos foram dando. Percebe-se o interesse em catalogar os movimentos e encostá-los a grupos, partidos, tendências, o que seja. Mas não colhe. Aliás nunca conseguiram sequer afinar o tiro, por evidente e insanável incapacidade de demonstração. Tentaram rotular-nos de várias formas mas não adianta. Os movimentos são plurais, com gente de várias tendências e opções políticas. Facto que nunca nos fez perder um segundo na acção. Na prática da luta, isso nunca nos influenciou ou condicionou. As nossas iniciativas sempre se fizeram com base em objectivos que nos uniam e nunca em função de qualquer alinhamento político ou cartilha ideológica. O que se prova tb ao fim de 3 anos é que nunca andámos atrás de lugares ou benesses aqui ou ali. Convites? Sim, diversos, para diversas coisas. Todos recusados. Somos professores e continuaremos a sê-lo. Isso é um orgulho: entrar na luta como professor, dar um contributo e sair como professor. Não sei se todos poderão dizer o mesmo.
          Quanto aos sindicatos… quando me explicarem porque motivo houve luta de rua em Maio de 2009, mas já não houve em Setembro, poderemos falar melhor. E esse é só um pequeno exemplo. Seja como for, essa é uma discussão que não tem nada de produtivo. Cada um saberá se sente bem representado ou não. Da nossa parte não há caminho a fazer com os sindicatos que assinaram o Acordo de Janeiro de 2010.

  3. Gato Preto said,

    O Santos e o Vargas (encarregados pelo partido de azucrinar os blogues alternativos ao sindicalismo-que-temos) saltaram logo em defesa da sua “dama”: a Fenprof.
    A posição desta até seria compreensível se a Fenprof, quando assina acordos com o ME, tivesse em conta as posições dos docentes. Nesse caso, seria lógico que não negociasse em Agosto por a maioria do pessoal estar de férias. Porém, como o hábito é negociar e assinar os acordos “nas costas” dos professores, tal argumentação não tem fundamento.
    Afinal, o que vão fazer em Setembro: reuniões sindicais nas escolas para pôr os professores perante o facto consumado e, depois, dizer que o acordo teve uma aprovação de 90% e foi uma grande vitória? Sinceramente, já vi esse “filme” vezes demais.
    Para os sindicatos, renovo um desafio que fiz anteriormente: passem a remeter os acordos que assinam a referendo da classe. Ou têm medo da opinião daqueles que dizem representar?
    E, para vocês, “camaradas”, que passam a vida nos blogues a “azeitar”, um pequeno conselho: “get a life”!

  4. José Carlos Jacinto said,

    A ignorância é o desconhecimento do conhecido. Ponto final.

  5. maria said,

    E agora ainda estão de férias?
    Estou de férias mas com atenção ao que se negoceia nas costas dos que conseguem “desligar”.
    O momento de se “ligarem” será: ontem.

  6. Fernanda said,

    Continuem de férias que o pessoal vai tratando do assunto.

    Não se preocupem e não stressem.

    Quando voltarem, não se esqueçam de baixar o tampo da sanita e de apagar a luz antes de se deitarem.

    A conta da electricidade vai subir.

  7. Fernanda said,

    E a b***@ teima em inundar tudo……


  8. Caras maria e Fernanda,

    Vamos ver se nos entendemos: nós somos PROFESSORES, não temos reduções de horário para funções “sindicais”, não somos “representantes” oficiais ou oficiosos dos professores, e temos realmente direito a férias. Entendido? Quando a Fernanda fala em “pessoal”, nós somos parte desse pessoal. Ficou claro?

    Quanto à proposta do MEC relativamente à ADD, já ontem demos sinal da nossa insatisfação em relação a diversos aspectos ao DN. Ainda não vimos o que passou mesmo para as páginas do jornal, mas algo lá estará para marcar a nossa posição.

    Em termos mais gerais… é muito simples- basta comparar isto:
    https://docs.google.com/viewer?a=v&pid=explorer&chrome=true&srcid=0B_dXQzkOSFA8YTAyNDU1NWItNzA2Yy00M2ZiLThiODgtNWI1Y2FlMzEzYjYy&hl=en

    com isto:

    http://educar.files.wordpress.com/2011/08/add-12-de-agosto.pdf

    Creio que não custará muito perceber as diferenças.

    O nosso trabalho foi feito, em devido tempo, as propostas foram apresentadas, inclusivamente aos partidos políticos. Se alguns pretendem manter a farsa e o faz-de-conta, só temos de relembrar que há alternativas. E é o que temos feito.

    Cumprimentos


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: