APEDE


O sindicalismo de véspera e os piquetes de greve

Posted in Mobilização/Desmobilização,Os-sindicatos-que-temos por APEDE em 23/11/2011

Reuniões sindicais, nas escolas, na véspera de manifestações e greves gerais? A sério?

Ao menos tivessem o decoro de evitar a véspera

Seria bom avaliarem melhor isso pois, se calhar, em vez de mobilizarem, desmobilizam. E até somos capazes de apostar que, desta vez, o plano não é esse.

Reuniões sindicais nas escolas? SIM! Absolutamente SIM! Mas, de preferência, muito mais regulares e levando ouvidos!

Quanto à anunciada intenção de constituição de piquetes de greve para sensibilizarem os colegas, à porta das escolas, no sentido de aderirem à greve, informando-os da necessidade e importância da luta, não será esta a mais acabada confissão do fracasso dos sindicatos no seu trabalho sindical? Se a pedagogia da luta tivesse sido cuidada, e desenvolvida ao longo do tempo, em proximidade com as bases e de uma forma regular… seriam necessários piquetes de greve? Fica a questão.

P.S. – Já agora: que raio se passa em Sintra que nem teve honras de integrar esta lista? E que dizer disto? A redução do crédito de horas para trabalho sindical/destacamentos, imposto pelo ME, explicará tudo?

3 Respostas to 'O sindicalismo de véspera e os piquetes de greve'

Subscribe to comments with RSS ou TrackBack to 'O sindicalismo de véspera e os piquetes de greve'.

  1. amarques1966 said,

    A minha escola nem tem dirigente sindical atribuído e… nem faz cá falta. Destes sindicatos já não espero rigorosamente n a d a.
    Como em tudo na vida, as estruturas têm de se adaptar aos tempos que mudam ou morrem. Os sindicatos que temos, que já estão mortos há muito tempo, precisam de um “dia de finados” anual (greve) para que os vivos não os esqueçam e lhes prestem homenagem…


  2. […] O sindicalismo de véspera e os piquetes de greve Share this:Gostar disto:GostoBe the first to like this post.   […]

    • maria said,

      Na minha escola não há delegado sindical. O ambiente de “cada um por si” está instalado.A Direção da Escola é uma correia de transmissão, ou biela, da D.R: .Distribui benesses pelos “ratos” e tenta anular quem não cede perante o direito á dignidade.
      Hoje a conversa era intervalada por ” aproveitar” o dia de amanhã, na escola, por trabalhando nos assuntos burocráticos ( acreditando que outros farão greve e a escola não funcionará), pelas traições sindicais, que justiicariam o seu distanciamento e nunca o direito à denúncia de uma política europeia ultra liberal e da interferência dos mercados na democracia.
      O pior deste mau trabalho sindical foi distanciar as pessoas por profissões e isolarmo-nos no contexto, pelo menos, europeu.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: